domingo, 3 de julho de 2011

Não comprei, nem vou comprar : Glossy Box

Nessa onda de creuza louca comprar tudo compulsivamente pra comentar no blog e mostrar em vídeos do Youtube no melhor estilo caipira (“Ó meu, ó!”), surgiu uma empresa que trouxe para o Brasil a tal Glossy Box.

O esquema é o seguinte: você paga uma taxa de 39 reais por mês (35 pela caixa mais 4 reais pelo frete) e eles te enviam um caixa com miniaturas e amostras de produtos de marcas famosas.

Claro que ter a possibilidade de experimentar um produto caro e renomado pra ver se realmente se adaptada às suas necessidades é muito tentadora, o problema é quando essas amostras são do estilo “amostra grátis”. E essas, que poderiam vir uma vez ou outra, acabam marcando presença constante nessas caixas!

Curiosamente na Glossy Box em outros países vêm mais miniaturas do que amostras. Que coisa, não?


Como sabemos, muitos produtos mostram resultados depois de um, dois, até três meses de uso contínuo, logo, as merrecas oferecidas pela GlossyBox não necessariamente serão úteis, além de te deixar faceira por ter usado duas vezes um gloss da Bourjois.

Há um sistema de pontuação, em que cada vez que você comentar sobre os produtos enviados você ganha 20 pontos. Após 1.000 pontos (ou seja, após 50 feedbacks) você pode trocá-los por um produto específico.

Ou seja, após R$ 1.950 (39 x 50) e uma boa quantidade de amostras de batons da cor que você não usa e perfumes que te dão dor de cabeça, você poderá “ganhar” o produto que escolher do tamanho comercial.

Será que vale a pena?

Claro, quem quiser pagar, que pague!

Mas no final das contas fica um excesso de informação e de produtos que são muitas vezes desnecessários!

Pra mim compensa bem mais dar uma boa pesquisada sobre um produto que se adequa às minhas necessidades e botar o cartão de crédito pra parcelar (muitas vezes dando os mesmos 39 reais mensais) e usar algo já direcionado. Se não deu certo, há a possibilidade de revender (algo impossível de fazer com amostras!).

Aí seria apostar mais na qualidade do que você comprou do que na quantidade, mas obviamente cada um sabe do que precisa, né... Mas como diz a tag: Não comprei e nem vou comprar!


Reação de nossa mascote quando abriu a Glossy Box

5 comentários:

  1. To com você, não acho que compensa comprar essa tal de caixa de amostras, nada a ver.

    ResponderExcluir
  2. Olá, então na estreia me empolguei com a Glossy Box, mas depois comecei a refletir e vi que nada mais é que jogar dinheiro fora...adorei o post...

    seguindo seu blog!!

    bjão

    @bfeminina

    ResponderExcluir
  3. Eu fiquei louca pra comprar, mas aí por motivos de força maior ($$$) tive que me aguentar nas carcinhas e esperar. Ainda bem!!!

    ResponderExcluir
  4. Não comprei e nem pretendo comprar mesmo! Não pelo preço porque não é caro, mas mesmo assim, acho que não compensa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu nao entendo porque a maioria das blogueiras fala da Glossy Box, que é um servico pago e caro quando as empresas enviam amostras gratis para nossas casa sem intermediarios e sem precisar pagar nada. Eu mesma recebo muita coisa. Tem um site que centraliza e informa todas as empresas que estao dando amostras gratis: http://www.amostrasgratis.org o mais legal é que na pagina deles no facebook http://www.facebook.com/amostrasebrindesgratis os leitores (sao mais de 9 mil) fotografam e postam o que chegou na casa deles hoje, entao a gente acaba vendo que funciona mesmo porque sao varias pessoas diferentes fotografando varias coisas diferentes que chegam para elas. Essa semana recebi uma amostra gratis da Olay, tipo essas da Glossy Boz, uma linda miniatura. Fofissima dá para usar uns 5 dias ou mais... e nao precisei pagar nada. Fica a dica! Em vez de fazer propaganda de graca pra esse pessoal ganhar dinheiro com amostra gratis ensine as pessoas a usarem esse site que nao cobra nada, e chega muito mais do que 5 coisinhas por mes!

    ResponderExcluir