domingo, 24 de abril de 2011

Para além de um simples consumo

Navegando na internet encontro uma reportagem do Estadão sobre “socialitezinhas” - meninas que participam do Fashion Weekend Kids. Nela há uma entrevista com os parentes das meninas e o que vemos é um show de futilidade que chegam a ser nauseante.

A despeito disso, é recorrente encontrar no Youtube vídeos com crianças ensinando maquiagens para o ambiente escolar. Mostram com destreza (maior que a minha, tenha certeza) o uso de pincéis, máscaras de cílios, base, corretivos, enfim, truques geralmente usados por mulheres adultas para esconder imperfeições da pele.
Apesar de ser hilário ver meninas com pele de criança falando sobre a importância da base mate não deixa ser absurdo.

Outro fato polêmico que aconteceu começo desse mês foi a visibilidade dada à venda de sutiã com bojo para meninas de 6 anos, vendido numa loja de departamento. Juntamente com o excesso de consumo vem a questão da sexualização precoce de meninas.

MR. PRA QUÊ? (Foto retirada do blog Rafa Vac)

Esse tipo de bizarrice não é “privilégio” brasileiro. Nos EUA, a venda de biquíni infantil com bojo e fechamento “push up” também gerou controvérsias. Na França, um ensaio fotográfico da Vogue Paris Cadeaux utilizou meninas de oito anos excessivamente maquiadas, com roupas adultas e fazendo, em alguns casos, poses que não correspondem ao utilizado geralmente para o público infantil.

UMA das fotos totalmente desnecessárias (mais fotos aqui)

Eu sei que a criança enquanto ser assexuado é uma invenção cultural, mas nesse mundo onde qualquer ingenuidade/imaturidade é punida com abusos, prefiro manter esse valor...

De qualquer forma, o que vemos hoje em dia não é a sexualidade despontando de forma natural e curiosa, e sim um estímulo publicitário para o consumo irracional.

(Quer mais um exemplo da irracionalidade? A linha Geogirl da Walmart dos EUA que produz maquiagem e cosméticos infantis - para meninas entre 8 e 12 anos de idade - com produtos ANTI-IDADE! Sim, você leu certo.)

Crianças “fashionistas” são pavorosas e mais ainda seus pais que não botam freio a seus apelos.


Medo de crianças fashionistas


Abaixo deixo um documentário sobre o tema: “Criança, a alma do negócio” - na parte 3 fala um pouco sobre o mundo cosmético e as crianças. Vale a pena assistir.




5 comentários:

  1. MUITO MEDO da cara dessa guria desfilando em traje de banho. Bem "Little Miss Sunshine".
    Eu não tava sabendo dessa de sutiã de bojo pra guria de 6 anos. Porra, acho que nem tem broto mamário ainda com essa idade (vulgo "peitinho"). Eu, hein???
    Vou repassar esse documentário pra uma prima... Hehehe!

    ResponderExcluir
  2. rsrs gostei muito bom
    seguindo passa la no meu

    http://tamihsilva.blogspot.com/2011/05/porque.html

    ResponderExcluir
  3. Adorei o teu post muito legal. Parabéns por escrever tão bem ;D
    Te seguindo tá?Se puder comenta e segue.

    http://www.pantufadeferro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olha eu aqui de novo!
    Dessa vez tenho um presente. Tem um selinho pra vc no meu blog. pega lá!
    ------------------
    http://rabiscosaleatorios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. morri de rir com seu blog, mas vc abandonou ele que pena!!

    ResponderExcluir